Polícia encontra explosivo enterrado em quintal de casa de miliciano no RJ

Renato Siqueira Ribeiro é acusado de envolvimento na construção de prédios que ruíram na Muzema

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2019 06h34 - Atualizado em 23/05/2019 12h25
ReproduçãoRenato Siqueira Ribeiro está com prisão preventiva decretada desde o mês passado

Um explosivo foi encontrado na casa de miliciano acusado de envolvimento na construção de prédios que ruíram na favela da Muzema, em abril. Na ocasião, 24 pessoas morreram.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou nesta quarta-feira (22) um morteiro com suposto alto poder de destruição enterrado no quintal da casa do miliciano Renato Siqueira Ribeiro, que está com prisão preventiva decretada desde o mês passado.

A Polícia foi até o local após denúncia anônima, mas ele não foi encontrado. O esquadrão antibombas da Polícia foi chamado para retirar o morteiro. Não se sabe o motivo para o explosivo estar escondido.

Além dele, outro integrante da milícia da Muzema, José Bezerra de Lira, conhecido como Zé do Rolo, permanece foragido. Um terceiro suspeito, Rafael Gomes Costa, foi preso em meados do mês passado. Os três foram indiciados por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.

A suspeita da Polícia do RJ é de que os dois foragidos estejam escondidos em Estados do Nordeste.

*Informações do repórter Rodrigo Viga