Polícia faz operação contra fraudes na revenda de peças de moto em SP

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2020 07h00
Polícia Civil Não é permitido o comércio da moto semidesmontada

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais( DEIC) deflagaram a 16º fase da Operação Desmonte, em um dos principais centros de comércio de peças para motocicletas de São Paulo.

O alvo da ação é um esquema de fraude envolvendo motos compradas como sucata e revendidas como veículos aptos a transitar. Segundo o delegado Alberto Pereira Matheus Júnior, titular da Divisão de Investigações sobre Roubo e Furto de Veículos e Cargas (Divecar), o objetivo é a apreensão de motos adquiridas em leilões de sucatas e mantidas para serem comercializadas.

Essas unidades, por exigências das Leis federal e estadual, tem que ser desmontadas e suas peças cadastradas para serem revendidas. Entretanto acabam sendo reformadas quase sempre com fragmentos de outros veículos cuja procedência é ilícita, e passadas adiante.

No total, 60 policiais especializados verificaram as documentações das motocicletas expostas pelos estabelecimentos especialmente na chamada “boca das motos” nos Campos Elíseos região central da capital paulista.

* Com informações do repórter Daniel Liam.