Polícia faz operação para prender suspeitos de cambismo em jogos de futebol no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 24/12/2019 09h29
Epitácio Pessoa/Estadão ConteúdoAs investigações revelam que a quadrilha tinha uma série de caminhos para conseguir vender os bilhetes a um preço mais barato no mercado paralelo

Um grande clube de futebol do Rio de Janeiro está sendo investigado pela Polícia fluminense por facilitar a atuação de uma quadrilha de cambistas que atua há muito tempo na cidade.

Apesar do nome do clube não ter sido revelado, fontes da Polícia revelaram à Jovem Pan que é um dos quatro grandes: Botafogo, Flamengo, Fluminense ou Vasco.

A fraude aconteceria no programa Sócio-Torcedor, mas esse não seria o único caminho encontrado pela quadrilha. Eles chegavam a movimentar com a venda de ingressos para jogos de futebol, shows e apresentações musicais, mensalmente, algo em torno de R$ 300 mil.

As investigações revelam que a quadrilha tinha uma série de caminhos para conseguir vender os bilhetes a um preço mais barato no mercado paralelo. Além da prática detectada no programa, o bando utilizada idosos que tem direito a gratuidade para revender bilhetes. A quadrilha também fraudava e clonava cartões de crédito que eram utilizados para comprar os ingressos.

Na segunda-feira (23) pelo menos três integrantes do bando foram presos. Outros 14 continuam foragidos. Um dos detidos é um policial reformado.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga