Polícia francesa recolhe vídeos do hotel em que estava acusadora de Neymar, diz jornal

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2019 09h21
MATEUS BONOMI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOO jogador é acusado de ter estuprado Najila Trindade em Paris no dia 15 de maio

O jornal francês L’Equipe noticiou que a polícia francesa recuperou as imagens do hotel em Paris, em que Najila Trindade afirma que foi estuprada por Neymar.

Os investigadores tiveram acesso as gravações, que mostram a chegada e a saída da modelo e do jogador, no saguão e nos corredores do Sofitel, no último dia 15 de maio.

O material já está à disposição da polícia brasileira, que investiga o caso. As imagens podem determinar qual foi o comportamento de Neymar durante o tempo em que ele esteve no local.

Najila afirma que o jogador chegou alcoolizado ao hotel, por volta das 20 horas, foi violento e abusou sexualmente dela. Neymar nega a acusação.

Os dois já prestaram depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, no bairro de Santo Amaro, em São Paulo. Porém, a defesa de Najila protocolou um pedido de acareação, o que é incomum em casos de crimes sexuais, já que a vítima fica frente a frente com o suposto agressor.

A delegada Juliana Lopes Bussacos, que conduz o inquérito, irá decidir nos próximos dias se aceita o pedido.

A defesa de Najila tomou essa medida após a modelo afirmar que perdeu o celular com um suposto vídeo de 7 minutos do segundo encontro que teve com o jogador.

Neymar também é alvo de outra investigação no Rio de Janeiro, em que é acusado de publicar fotos íntimas de Najila nas redes sociais.

*Com informações do repórter Vinicius Moura