Polícia investiga agressão contra influenciadora digital em SP

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2019 08h13
Reprodução/InstagramNa versão defendida pela defesa de Helo, o agressor a confundiu com uma garçonete e depois a insultou sem motivo

No último final de semana, em São Paulo, um restaurante japonês no bairro do Itaim Bibi, na Zona Sul, foi palco de uma agressão de um homem contra uma mulher. O administrador de empresas Otto Villela filho, de 29 anos, foi até a mesa onde estava a influenciadora digital Helô Gomes, de 35 anos, que jantava com amigos.

Os dois conversam por alguns minutos até que a moça jogou bebida no rosto do rapaz, que revidou com um soco no rosto dela. Ele deixou o local como se nada tivesse ocorrido.

O advogado de Helô, Lucas Moreira Delaqua, disse que o agressor a confundiu com uma garçonete e depois a insultou sem motivo. “Infelizmente a cultura machista impregnada em certas pessoas acabam por não permitir que a mulher tenha opinião própria e até mesmo respeito no seu espaço pessoal. Mais uma vez vemos as pessoas querendo colocar a culpa na vítima.”

Do outro lado, o advogado de Otto, José Luis de Oliveira Lima, disse que seu cliente, de fato, perguntou se Helô trabalhava no restaurante e foi conversar com ela. Ofendida, a influenciadora digital o atingiu com o copo no rosto — antes de ele revidar.

O dono do estabelecimento, Ummi Finest Sushi, é Murched Omar Taha Filho. Ele lamentou o ocorrido entre os clientes, afirmou que repudia qualquer tipo de violência e ressaltou que está colaborando com as investigações do caso.

Helô e Otto prestaram depoimento na 3ª Delegacia da Mulher no Jaguaré, em São Paulo. O Ministério Publico vai analisar o caso.

*Com informações do repórter Victor Moraes