Polícia prende quatro integrantes da maior milícia do Rio de Janeiro

  • Por Jovem Pan
  • 13/08/2019 08h12
Agência BrasilAs prisões aconteceram na Zona Oeste da cidade e na Baixada Fluminense

Quatro integrantes da principal milícia do Rio de Janeiro, conhecida como Liga da Justiça, foram presos pela Polícia Civil nesta segunda-feira (12). As prisões aconteceram na Zona Oeste da cidade e na Baixada Fluminense.

O grupo atua em Seropédica, município que fica na região metropolitana do Rio de Janeiro, e é uma espécie de franquia subsidiaria da Liga da Justiça, liderada por Wellington Braga. Ele é o miliciano mais procurado do Estado. Entre os presos também está um ex-lutador de MMA.

O combate às milícias é uma prioridade do governo Wilson Witzel. Os grupos não param de crescer no Rio de Janeiro, segundo dados do Ministério Público e de ONGs voltadas para esse tipo de estudo.

Em 2010, eles dominavam pouco mais de 40 áreas em todo o Rio de Janeiro. Em 2018, 100 áreas do Estado e cerca de 2 bilhões de fluminenses estão sob domínio de milicianos.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga