Polícia procura quadrilha que instalou placas falsas para cobrar estacionamento em Copacabana

  • Por Jovem Pan
  • 20/10/2017 06h55 - Atualizado em 20/10/2017 11h35
Alessandro Buzas/Estadão ConteúdoOs motoristas, sem saber da verdade, pagavam e alimentavam a quadrilha. Segundo as investigações, o bando chegava a arrecadar R$ 200 mil por semana

Quadrilha instala placas em Copacabana para cobrar estacionamento em local indevido ou para alterar período de cobrança.

A Polícia investigava essa quadrilha que vinha fraudando motoristas. A Polícia investigava o bando havia algumas semanas.

Funcionava assim: em determinada rua residencial não havia a obrigatoriedade de colocar o tíquete de estacionamento, mas a quadrilha ia lá e colocava uma placa falsa da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio para começar a cobrar. Além disso, alterava o período da taxação. Normalmente o parqueamento é cobrado até às 19h, mas nessas ruas o período foi estendido até às 23h.

Os motoristas, sem saber da verdade, pagavam e alimentavam a quadrilha. Segundo as investigações, o bando chegava a arrecadar R$ 200 mil por semana.

Os denunciados à Justiça são integrantes do Sindicatos dos Guardadores de Carro do RJ. Dos cinco denunciados por estelionato, falsificação criminosa e outros crimes, dois tiveram prisão decretada, mas estão foragidos.

Na casa de um dos denunciados, a Polícia apreendeu um Porsche avaliado em mais de R$ 150 mil, e duas motos importadas. A Prefeitura do RJ só agora começou a trocar as placas ilegais. Foram 36 até o momento.

*Informações do repórter Rodrigo Viga