Polícia recua sobre indiciamento de filha suspeita de matar família

  • Por Jovem Pan
  • 03/02/2020 07h41
MARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDOAna Flávia Gonçalves deixa o 7° Distrito Policial (Taboão)

A polícia recuou do indiciamento do casal suspeito de envolvimento na morte de uma família em São Bernardo do Campo, e deve aguardar o fim do inquérito, o que pode levar cerca de um mês, para dar início ao processo.

Ana Flávia Menezes Gonçalves e a namorada, Carina Ramos, são investigadas por triplo homicídio qualificado. Na madrugada da última terça-feira, os pais e o irmão de Ana Flávia foram encontrados carbonizados no porta-malas de um carro. 

Imagens do circuito interno do condomínio onde a família morava mostram o carro de Ana Flávia entrando e saindo várias vezes no dia do crime. Um laudo preliminar mostrou que os três morreram por causa de pancadas na cabeça. 

No entanto, as investigações apontam que as duas suspeitas não foram as responsáveis pelos golpes. O casal foi preso preventivamente na quarta-feira, e um terceiro suspeito foi identificado. A polícia acredita que outras pessoas participaram da ação. Ainda não se sabe a motivação do crime. 

* Com informações da repórter Nanny Cox.