Polícia troca tiros com suspeitos de roubar casas e mata um

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2018 08h21 - Atualizado em 04/05/2018 09h12
Divulgação/Polícia CivilArma e munições encontradas junto a carro apreendido pela Polícia Civil

Troca de tiros entre policiais do Deic e quadrilha termina com um suspeito morto, outro preso e um menor detido no Centro de São Paulo. O confronto ocorreu no final da tarde desta quinta-feira na Avenida 23 de Maio, na região da Liberdade.

A equipe da Delegacia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Condomínios e Residências já apurava a ação do bando, em que um dos indivíduos usava carteira e distintivo de detetive nas invasões.

Ontem, os criminosos se preparavam para novo ataque e seguiam para o local,em um Honda Civic prata, quando foram surpreendidos pelos policiais, como conta o delegado Fabiano Barbeiro, da Quarta Delegacia do Patrimônio.

“Nós já tínhamos a informação desses indivíduos, e hoje (ontem) fazendo o acompanhamento, policiais civis conseguiram identificar o carro em que eles estavam e começaram a segui-los e, quando foram efetuar a abordagem, eles tentaram empreender fuga e dispararam contra os policiais”, disse Barbeiro.

Os investigadores revidaram e, na troca de tiros, dois dos suspeitos foram baleados. Um dos feridos, identificado como David Teixeira da Silva, atingido na perna, sofreu uma parada cardíaca enquanto era socorrido e morreu.

O outro – um adolescente, de 14 anos,- foi medicado e segue internado, mas fora de perigo.

Um comparsa deles, identificado como Willian de Oliveira Silva, acabou preso, sem ferimentos, e foi encaminhado à sede do Deic, onde foi autuado. Com ele, foram apreendidos uma carteira e um distintivo de detetive.

No veículo, que também foi apreendido, havia um revólver e munições.

O quarto suspeito conseguiu fugir do cerco e ainda não foi identificado.

As informações são do repórter Jovem Pan Paulo Edson Fiore