Policiais civis e militares do RJ terão botão de pânico nos celulares

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2018 10h32
Divulgação/PMERJA função será uma novidade para os aparelhos de agentes de segurança que instalarem o aplicativo Emergência RJ

Até o fim de 2018, policiais civis e militares do Rio de Janeiro terão um aplicativo que funciona como um “botão de pânico” em seus celulares. O dispositivo será usado em casos de situações de risco.

A função será uma novidade para os aparelhos de agentes de segurança que instalarem o aplicativo Emergência RJ. O dispositivo foi desenvolvido em 2016 por meio de parceria entre a Secretaria de Segurança, o Centro Integrado de Comando e Controle e a startup Nearbee.

Quando lançado, o aplicativo oferecia atendimento instantâneo em serviços como denúncias de atividades que levantassem suspeitas, além de ocorrências ou socorro ao 190. Em 2018, o aplicativo ganhou mais funções, como a de denunciar crimes eleitorais.

A Secretaria de Segurança do RJ não divulgou como será feito o pedido de emergência por parte do policial, mas ele deve funcionar como um aplicativo similar usado em São Paulo, quando o agente faz um desenho específico no aparelho e indica a situação em que se encontra.

A medida é uma iniciativa para tentar diminuir a morte de policiais em trabalho.