Policial é morto durante perseguição em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 24/02/2018 09h57 - Atualizado em 24/02/2018 09h58
Reprodução/Google MapsVista da Rua Manuel da Luz Drumond, em Vila Bela, região de São Mateus, onde ocorreu um dos assassinatos

Policiais militares foram mortos a tiros na região metropolitana de São Paulo. Foram duas ocorrências distintas e a mais recente occorreu no final da noite desta sexta-feira (23) na Vila Bela, região de São Mateus, na Zona leste da cidade.

Durante patrulhamento, uma equipe de policiais do 38º Batalhão suspeitou dos três ocupantes de um veículo e decidiu abordá-los.

Quando o carro parou, um dos desconhecidos saiu correndo, enquanto que os outros dois não resistiram e foram detidos.

Um dos policiais, o soldado Lourenço, saiu em perseguição a pé ao fugitivo e conseguiu detê-lo na Rua Manuel da Luz Drumond, na entrada de uma favela.

O PM pediu apoio ao colega da viatura, Daniel, mas, a caminho do local, o soldado ouviu o barulho de um tiro.

Ao chegar ali, ele encontrou o soldado Lourenço caído, com ferimento de tiro na cabeça.

O outro criminosos havia fugido e levado com ele a arma do policial, que chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento.

Ainda na tarde de ontem, no Jardim Santo Antônio, no município de Osasco, o sargento Waldemar Luís Winder, de 57 anos, foi morto a tiros.

Ele estava na porta de sua residência e descarregava materiais de construção quando dois homens apareceram em uma moto e anunciaram o assalto.

A vítima, que estava à paisana, foi baleada e morreu a caminho do pronto-socorro do bairro. Não se sabe se houve reação.

Com informações do repórter Jovem Pan Paulo Edson Fiore ao Jornal da Manhã