Policial militar do Rio mata jovem de 16 anos por motivo fútil

  • Por Jovem Pan
  • 19/07/2018 08h26 - Atualizado em 19/07/2018 08h26
Raphael Alves/ TJAMDe acordo com relatos da vizinhança, o policial já apresentava histórico de agressões

Um policial foi preso, nesta quarta-feira, após matar um adolescente de 16 anos, em Magalhães Bastos, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O jovem Ryan Teixeira do Nascimento brincava com dois amigos no telhado de uma clínica. O barulho teria incomodado o cabo da PM Pedro Henrique Machado de Sá, que disparou na direção dos garotos.

Agora, o policial responderá por homicídio doloso e dupla tentativa de assassinato. Após fazer exame de corpo de delito, o agente foi levado para a unidade prisional da Polícia Militar, em Niterói, na região metropolitana do Rio.

De acordo com relatos da vizinhança, o policial já apresentava histórico de agressões. Ele teria batido em um deficiente físico e atirado em outro morador do bairro, que acabou tendo a perna amputada.

Familiares e amigos lamentaram a morte do adolescente Ryan Teixeira do Nascimento que sonhava em ser jogador profissional de futebol.

O advogado do policial afirmou que as testemunhas que presenciaram o crime disseram que ouviram mais de um tiro e que será preciso verificar se outras pessoas não efetuaram “disparos no local”.

As informações são do repórter Afonso Marangoni