Por ciúmes, caminhoneiro esfaqueia a mulher na frente dos filhos em SP

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2019 09h27 - Atualizado em 29/05/2019 09h31
Divulgação/SSP Viatura da Polícia Militar Durante a briga,  Silva pegou uma faca e feriu a mulher no tórax e no pescoço. De acordo com as testemunhas, ele só não fez o mesmo com os filhos do casal, de 4, 5 e 12 anos, porque os vizinhos conseguiram retirar as crianças a tempo

Por ciúmes, um homem matou a esposa na frente dos três filhos, na Grande SP. O mais recente caso de feminicídio de São Paulo ocorreu na noite desta terça-feira (28), no Parque Continental, em Guarulhos.

O caminhoneiro Wladimir Oliveira da Silva, de 53 anos, estava em um bar próximo a sua casa, quando viu sua esposa chegando de carro com o patrão, que mora em uma rua próxima aos dois, no mesmo bairro.

Acreditando estar sendo traído, o caminhoneiro foi para a casa e iniciou uma discussão com a esposa, Kelly Silva, de 31 anos. Ela trabalhava em uma agência Funerária no Tatuapé, na Zona Leste de SP.

Durante a briga,  Silva pegou uma faca e feriu a mulher no tórax e no pescoço. De acordo com as testemunhas, ele só não fez o mesmo com os filhos do casal, de 4, 5 e 12 anos, porque os vizinhos conseguiram retirar as crianças a tempo. Após golpear a mulher, Silva tentou se matar com a mesma faca.

Kelly foi socorrida pelo corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Municipal de Urgência, mas não resistiu aos ferimentos. O caminhoneiro, ferido no abdômen, foi para o Hospital Geral de Guarulhos e está internado em estado grave.

*As informações são do repórter Paulo Edson Fiore.