Por falta de estoque, Hemocentro da Santa Casa de São Paulo pede doações de sangue

A queda nas doações de sangue afeta o atendimento das urgências no pronto-socorro

  • Por Jovem Pan
  • 08/05/2019 06h46 - Atualizado em 08/05/2019 10h23
Tomaz Silva/Agência Brasil Tomaz Silva/Agência Brasil A médica Cárlei Heckert, responsável pelo Hemocentro, pediu maior regularidade dos doadores

O Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo faz um alerta para população: precisa urgentemente de doações de sangue, já que os estoques estão acabando.

A queda nas doações de sangue afeta o atendimento das urgências no pronto-socorro.

A médica Cárlei Heckert, responsável pelo Hemocentro, pediu maior regularidade dos doadores. Segundo ela, uma única doação de sangue pode ajudar a salvar várias vidas, uma vez que o sangue coletado é separado em diferentes componentes.

Um bom exemplo é a Luana Alves, doadora há 11 anos. A professora vai ao hemocentro pelo menos três vezes por ano.

Mas existem pessoas que não conseguiram doar, como a advogada Isadora Alves de 22 anos. Segundo ela, o assunto relação sexual é avaliado em uma entrevista antes da doação.

O posto de atendimento do hemocentro da Santa Casa fica localizado na Rua Marquês de Itu, 579, Vila Buarque e fica aberto das 09h às 14h.

*Informações do repórter Victor Moraes