Por proximidade das eleições, Congresso passará a atuar no chamado “sistema vagalume”

  • Por Jovem Pan
  • 01/08/2018 06h30 - Atualizado em 01/08/2018 09h28
Agência BrasilLíderes já admitiram um acordo para o funcionamento no chamado “sistema vagalume” para o Congresso: uma semana de trabalho, e outra, sem votação

Pela Constituição, o Congresso voltaria nesta quarta-feira (1º) do recesso. Apesar da previsão, isto não acontecerá, e os líderes já admitiram um acordo para o funcionamento no chamado “sistema vagalume” para o Congresso: uma semana de trabalho, e outra, sem votação. Campanha eleitoral.

Esta será uma semana esvaziada. Os deputados e senadores estão em busca da reeleição, e este é o momento das convenções nos Estados.

A pauta de votação também não é muito importante e pode ficar para depois.

A previsão é de que logo após as eleições o presidente eleito fará trabalho forte de articulação para adaptar o orçamento ao seu plano de Governo. O novo presidente toma posse no dia 1º de janeiro e os novos deputados e senadores tomam posse em fevereiro.

*Informações do repórter José Maria Trindade