Posts pagos foram utilizados de maneira errônea pelo Facebook, diz economista

  • Por Jovem Pan
  • 27/07/2018 09h48 - Atualizado em 27/07/2018 09h51
FlickrFacebook registrou queda de 19% nas ações após divulgação de balanço

O Facebook registrou uma perda de US$ 120 bilhões e viu as ações despencarem 19% na Bolsa de Valores de Nova York, uma das maiores quedas da história do pregão. De acordo com o economista da Infinity Asset Consultoria, Jason Vieira, o burburinho foi provocado pela divulgação do balanço, que previa o aumento de custos com segurança.

“O que aconteceu é o Facebook indiciou que todos os processos futuros para manter as questões de privacidade e segurança, levariam a esse custo e uma redução de receitas”, disse Vieira em entrevista ao Jornal da Manhã.

Segundo o economista, a plataforma errou ao utilizar os “posts” pagos, principalmente durante as eleições. O que facilitou a disseminação das chamadas fake news em países também com viés não democráticos.

Já sobre uma possível influência no mercado, Vieira ressalta que há muitos balanços sendo divulgados ao mesmo tempo e a tendência é que o mercado encerre o dia de forma positiva.

Jason Vieira reitera ainda há muitas especulações em torno do Facebook, mas a queda nas ações, os papeis passaram de US$ 210,00 para US$ 176,00 vai além da saída de investidores. “A última queda mais abrupta que vimos foi no período de março para abril, que foi quando o Mark Zuckerberg prestou esclarecimentos no Senado”, destacou.

“Os investidores começaram a mensurar o impacto nas ações da empresa, dado o modelo de negócios”, completou.

Confira a entrevista completa: