Prefeita de Paris propõe lei para acolher imigrantes e integrar refugiados em todo o país

  • Por Jovem Pan
  • 07/07/2017 08h06 - Atualizado em 07/07/2017 08h08
As autoridades estimam que até 2,5 mil imigrantes durmam nas ruas da capital

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, quer aprovar uma lei que permita repartir imigrantes e refugiados por todo território francês.

As autoridades estimam que até 2,5 mil imigrantes durmam nas ruas da capital.

Anne Hidalgo sugere criar centros humanitários de acolhimento temporário em todo o país, como o que foi aberto no norte de Paris em novembro do ano passado.

Em uma coletiva de imprensa em um centro de acolhimento de Paris, a prefeita da cidade disse que o país enfrenta uma crise de falta de atenção aos imigrantes.

”Precisamos agir rápido porque existe uma urgência humanitária. Aqui do norte de Paris existe um acampamento com 1,5 mil imigrantes que esperam ser realocados. Como podemos observar, a situação atual é insustentável e nada digna, tanto para os imigrantes quanto para a população, que está se mostrando solidária”, afirmou.

A prefeita de Paris diz também defende uma política de integração que diminua o tempo em que um imigrante consiga trabalhar, que hoje é de nove meses.

Anne Hidalgo fez uma estimativa para que no ano que vem os centros humanitários acolham 50 mil refugiados passando para 75 mil em 2022.

Resta agora aos parlamentares e aos membros do governo acatarem essas proposições e votarem a lei.

Confira a reportagem de Victor Moraes: