Prefeito de Japeri (RJ), preso por ligação com tráfico, é condenado por posse ilegal de arma

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2019 06h30
Prefeitura de Japeri/DivulgaçãoCosta foi condenado por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito de forças de segurança

Prefeito de Japeri, na Baixada Fluminense, preso em 2018 acusado de ligação com o tráfico de drogas é condenado por posse ilegal de armas. A decisão contra Carlos Moraes Costa é do Tribunal de Justiça do RJ.

Ele foi condenado por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito de forças de segurança. Costa está preso desde meados do ano passado.

O Ministério Público e a Polícia, à época, conseguiram a quebra do sigilo telefônico do prefeito e descobriram que o prefeito conversava frequentemente com criminosos da região. Em uma destas conversas, um criminoso chegava a pedir ao prefeito para que ele acabasse com operações ligadas ao combate à sua respectiva facção criminosa.

Na casa do prefeito, quando ele foi preso, a Polícia encontrou mais de R$ 30 mil em espécie e US$ 90. O dinheiro estava dentro de sacolas com a logomarca da Prefeitura de Japeri. Na mesma ocasião foi encontrada uma pistola sem registro e com munição.

Carlos Costa está sendo condenado a três anos de prisão por posse de arma de uso restrito, mas a pena pode ser convertida em multa de R$ 5 mil e prestação de serviços à comunidade que só pode ser iniciada quando ele deixar a cadeia.

*Informações do repórter Rodrigo Viga