Prefeito regional nega retirada forçada de pertences de moradores de rua na região central de SP

  • Por Jovem Pan
  • 08/08/2018 06h15 - Atualizado em 08/08/2018 07h10
Jovem PanNas imagens, é possível ver um morador ainda em cima dos itens retirados

A Prefeitura Regional da Sé negou qualquer ação de retirada forçada de pertences dos moradores de rua. O flagrante foi feito pela Jovem Pan na região da praça da Sé, onde acontecem diariamente ações de zeladoria, para limpeza do local.

Nas imagens, é possível ver um morador ainda em cima dos itens retirados.

O prefeito regional, Eduardo Odloak, afirmou que é comum que os moradores de rua, entreguem objetos, já sem uso, para os funcionários: “o cobertor que eles usam, eles quando se levantam, levam com eles, ficando alguns no chão, molhados. Alguns eles costumam usar no banheiro, por isso eles entregam esse cobertor”.

Outras ações semelhantes já foram denunciadas na capital paulista, a mais recente, no começo deste ano, envolvendo jatos d’água. A prefeitura regional destacou que é preciso um envolvimento maior da população para que as pessoas em situação de rua se encaminhem para um centro de acolhida.

*Informações da repórter Larissa Coelho