Prefeitura de São Paulo anuncia retomada das obras da Fábrica do Samba

Segundo o prefeito Ricardo Nunes, aporte será de R$ 15 milhões para continuidade da construção, que já soma gastos de R$ 183 milhões; entrega da edificação deve acontecer em fevereiro

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2021 07h16 - Atualizado em 02/10/2021 12h35
WILLIAN MOREIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Prefeito Ricardo Nunes em coletiva de imprensa Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, anunciou um aporte de R$ 15 milhões para retomar as obras na Fábrica do Samba

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, anunciou um aporte de R$ 15 milhões para retomar as obras na Fábrica do Samba, no bairro do Bom Retiro, região central da capital paulista. A construção estava parada há cinco anos por falta de dinheiro e deveria ter sido entregue em 2015. As edificações já custaram R$ 183 milhões aos cofres públicos. A Fábrica do Samba reúne os barracões das escolas do carnaval paulistano para a confecção de fantasias e montagem de carros alegóricos. O terreno fica em um local estratégico próximo à Marginal Tietê e ao Sambódromo do Anhembi. Os recursos são desembolsados em parceria com o governo federal, que, por problemas técnicos, ainda não liberou a verba necessária para a continuidade. A retomada da construção vai ocorrer no Bloco C, que abrigará sete galpões. Apenas os blocos A e B foram inaugurados. A nova previsão para entrega final da obra é dia 21 de fevereiro de 2022. As ações estão sendo realizadas com o aval da Vigilância Sanitária do município de São Paulo dentro dos protocolos, segundo a prefeitura.

*Com informações do repórter Daniel Lian