Prefeitura de SP adia para agosto abertura de envelopes para propostas de concessão do Pacaembu

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2018 06h43 - Atualizado em 16/07/2018 09h36
DivulgaçãoA Secretaria de Desestatização e Parcerias tomou a decisão após acatar alterações sugeridas pelo Tribunal de Contas do Município

A Prefeitura de São Paulo adiou a abertura dos envelopes para as propostas de concessão do Pacaembu para o dia 16 de agosto. A Secretaria de Desestatização e Parcerias tomou a decisão após acatar alterações sugeridas pelo Tribunal de Contas do Município.

O edital teve mudanças nos valores de outorga e a inclusão de um anexo que trata dos direitos e deveres dos usuários. Além disso, o texto deixa claro os contratos relacionados ao Pacaembu que o vencedor do processo terá que assumir.

O complexo ficará sob gestão da iniciativa privada por 35anos. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, afirmou que as sugestões do TCM não impediriam a licitação, mas que preferiu acatá-las: “não eram sugestões que impediriam o avanço, mas a gente decidiu acatar. Agente deu prazo de 30 dias para abertura dos envelopes”.

Em mais um movimento do plano de concessões e privatizações da cidade, a Prefeitura mudou a administração do Autódromo de Interlagos. O espaço, que era de responsabilidade de SPTuris, agora fica com outra empresa municipal: A SPObras.

A mudança é feita em preparação para a venda da SPTuris e do complexo do Anhembi para a iniciativa privada.

O prefeito Bruno Covas espera que a Câmara Municipal autorize a venda do autódromo também em breve: “estamos nos preparando para o momento de venda da SPTuris. Estamos tirando os outros itens que ela cuidava, inclusive o Autódromo de Interlagos, que a gente espera que a Câmara possa aprovar a autorização para vender o autódromo”.

A SPTuris e o complexo do Anhembi vão ser leiloados em pregão na Bolsa de Valores em setembro. A privatização prevê que o vencedor mantenha o Sambódromo reservado por até 75 dias por ano para o carnaval e outros eventos religiosos.

*Informações do repórter Tiago Muniz