Prefeitura de SP atualiza metas e define Orçamento de R$ 15,3 bi para 2019 e 2020

  • Por Jovem Pan
  • 09/04/2019 08h15 - Atualizado em 09/04/2019 11h32
Charles Sholl/Estadão ConteúdoApesar da definição, a gestão municipal explicou que projetos não previstos no plano continuam normalmente

A Prefeitura de São Paulo definiu Orçamento de R$ 15,3 bilhões para o plano de Metas referente ao biênio 2019-2020. As medidas foram elaboradas em três eixos: o cuidado com a cidade, a proteção das pessoas e a inovação, que se desdobram em 36 objetivos estratégicos, que são divididos em 71 metas e 196 iniciativas.

Ao todo, a Prefeitura retirou do plano os projetos que já foram concluídos e acrescentou outros 25.

Todas as metas, que passam por zeladoria, transportes, moradia e desestatização, já têm orçamento definido, evitando possíveis malabarismos para obtenção de recursos.

Apesar da definição, a gestão municipal explicou que projetos não previstos no plano continuam normalmente.

Quanto à implementação da remuneração variável atrelada ao resultado das metas, o prefeito Bruno Covas apontou que o valor está previsto em R$ 200 milhões, e que o principal objetivo é definir como o bônus será individualizado.

Bruno Covas destacou que 100% dos servidores poderão receber o bônus, desde que atinjam as metas e que a Câmara Municipal aprove a iniciativa.

Os cidadãos que quiserem ver detalhadamente cada um dos pontos do programa de metas podem ter acesso as fichas pelo site PlanejaSampa

*Informações do repórter Matheus Meirelles