Prefeitura de SP deve receber novos profissionais do Mais Médicos a partir desta segunda (03)

  • Por Jovem Pan
  • 03/12/2018 06h45
Marcos Santos/USP ImagensA Secretaria Municipal de Saúde deve receber nesta segunda-feira (03) os profissionais que vão ficar no lugar dos caribenhos que estão deixando o país

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse que a cidade não deve ser afetada caso um número menor do que o esperado de médicos brasileiros se apresente em substituição aos cubanos do programa Mais Médicos.

A Secretaria Municipal de Saúde deve receber nesta segunda-feira (03) os profissionais que vão ficar no lugar dos caribenhos que estão deixando o país. 78 brasileiros se inscreveram para trabalhar na rede de atendimento da Capital; são 72 vagas e se espera que, pelo menos, 50 apareçam num primeiro momento.

O prefeito explicou que caso esse número não seja alcançado será possível recorrer a médicos vinculados a organizações sociais.

Os profissionais cubanos deixaram o programa Mais Médicos depois que o governo da ilha decidiu se retirar do acordo que mantinha com o Governo brasileiro. Em todo o país foram mais de 8,5 mil vagas abertas, com uma adesão de 97% das vagas, segundo o Ministério da Saúde.

*Informações do repórter Tiago Muniz