Prefeitura de SP inaugura nova sinalização na ciclovia da Avenida Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 07/09/2017 07h50 - Atualizado em 07/09/2017 11h36
19-09-2015 - São Paulo - De bicicleta pela zona oeste de São Paulo. Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas Ainda nesta quinta, a cidade vai ganhar duas novas ciclofaixas de lazer: uma na zona leste e outra na zona oeste

Nova sinalização de orientação a ciclistas será inaugurada nesta quinta-feira de feriado (07), na Avenida Paulista.

O secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, explicou que o objetivo é indicar aos ciclistas os destinos e distâncias dos principais pontos da cidade: “nós vamos começar paulatinamente pelas principais ciclovias e sinalizar aos ciclistas que, por bicicleta, conseguem chegar a muitos lugares da cidade”.

Avelleda ressaltou que além de informar, a ideia também é incentivar o uso das ciclovias: “incentivar o uso de bicicleta é necessidade em uma cidade como São Paulo”.

A fisioterapeuta Bruna Rosa não usa a bicicleta como transporte, mas acredita que a iniciativa pode trazer bons resultados também para o pedestre: “elas precisam de sinalização porque eu mesma já quase fui atropelada por conta disso”.

Já a estudante Julia Gomes usa a ciclovia da Avenida Paulista todos os dias e alertou que mais do que a sinalização, é importante a conscientização do pedestre: “por ter acostumado com a sinalização dos carros sendo a nossa, já acostumo, mas acho que é o respeito dos pedestres mesmo”.

Na Paulista, as placas vão orientar os ciclistas para destinos como Parque Ibirapuera, Praça Roosevelt, MASP e Estádio do Pacaembu.

O projeto deve ser levado para outras ciclovias da cidade, e já foi implantado entre a Praça Oswaldo Cruz e a Praça dos Arcos, onde há um bicicletário.

Ainda nesta quinta, a cidade vai ganhar duas novas ciclofaixas de lazer: uma na zona leste e outra na zona oeste. Essas vias para ciclistas funcionam todos os domingos e feriados nacionais, das sete horas da manhã às quatro horas da tarde.

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto