Prefeitura do RJ lança projeto Rio+Seguro e aumenta efetivo policial em Copacabana e no Leme

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2017 08h39 - Atualizado em 27/11/2017 09h04
Rodrigo Viga/Jovem PanO projeto colocará diariamente nas ruas de Copacabana e Leme, no Rio de Janeiro, mais 140 policiais militares e 140 guardas municipais

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, lança nesta segunda-feira (27) o projeto Rio+Seguro, que colocará diariamente nas ruas de Copacabana e Leme, na zona sul da cidade, mais 140 policiais militares e 140 guardas municipais. Os PMs serão remunerados pela Prefeitura nos horários de folga.

O efetivo previsto dobrará o número de agentes normalmente atuantes na região. Terá ainda mais dez viaturas e 33 motocicletas no patrulhamento.

A escolha do local é onde moradores têm se queixado do aumento da violência, e são os roubos que mais preocupam quem transita ou mora na região.

Mais uma novidade no combate à violência e insegurança no Rio de Janeiro será o uso, por parte dos guardas municipais, de aparelhos de celular conectados ao Centro de Operações Rio (COR), que também serão constantemente monitorados via GPS.

O reforço começará no dia 03 de dezembro.

Confira as informações do repórter Rodrigo Viga: