Prefeitura de SP começa a receber protocolos para reabertura comercial

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2020 06h17
Leandro Ferreira/Estadão ConteúdoAs empresas devem apresentar protocolos de distanciamento e higiene de ambientes, testagem e orientações de colaboradores

A Prefeitura de São Paulo começa a receber nesta segunda-feira (1) as propostas para a reabertura de alguns tipos de estabelecimentos comerciais após o período de quarentena adotado na capital pela Covid-19.

Segundo o plano de flexibilização da quarentena do Estado, comércio, shoppings, imobiliárias, concessionárias e escritórios já estão autorizados a voltar a funcionar. Apesar disso, nada muda no começo desta semana na Capital; as atividades só vão ser retomadas após aprovação da administração municipal e da Vigilância Sanitária.

As regras constam de decreto publicado no sábado (30). O texto diz que as empresas devem apresentar protocolos de distanciamento e higiene de ambientes, testagem e orientações de colaboradores.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, ressaltou ao longo da semana que são essas regras que darão segurança para a retomada gradual das atividades na capital. Covas também pediu que as empresas deem sugestões de horários alternativos de funcionamento, com redução de expediente, e agendamento de atendimentos.

O prefeito ressaltou que os estabelecimentos deverão dar atenção especial as funcionárias que são mães, já que as escolas e creches ainda não têm previsão de retorno.

O presidente da Associação Comercial de São Paulo, Alfredo Cotait, criticou a decisão da prefeitura de receber os protocolos só a partir desta segunda-feira. Para Cotait, o ideal seria que as empresas pudessem reabrir já na data.

Segundo a prefeitura, os estabelecimentos poderão retomar o atendimento quando o termo de compromisso for publicado. As subprefeituras serão responsáveis por fiscalizar se os estabelecimentos estão cumprindo as normas.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini