Prefeitura vistoria obra em viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros; Covas diz que cronograma está mantido

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2019 06h25 - Atualizado em 16/01/2019 07h40
Tiago Queiroz/Estadão ConteúdoO prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), acompanhado do secretário de Infraestrutura Urbana e Obras, Victor Aly), e de um grupo de engenheiros e operários, inspecionou as obras de restauração do viaduto localizado na pista expressa da Marginal Pinheiros

A Prefeitura de São Paulo fez nesta terça-feira (15) a concretagem da viga do pilar que cedeu no viaduto da Marginal Pinheiros. A estrutura cedeu há dois meses e, desde então, parte da pista expressa continua fechada perto da ponte do Jaguaré.

A administração municipal disse que, pelos próximos 30 dias, o ritmo dos trabalhos deve ser diminuído para permitir a cura do concreto e evitar fissuras.

O prefeito Bruno Covas afirmou após a vistoria nesta terça que o cronograma da obra está mantido e promete terminar os trabalhos em maio.

A Prefeitura finalizou o levantamento da pista que havia cedido no começo de dezembro. De lá para cá, o secretário municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, Vítor Aly, afirmou que os operários se concentraram no reforço da estrutura.

O viaduto de acesso da Marginal Pinheiros para a rodovia Castello Branco cedeu na madrugada de 15 de novembro. O incidente forçou o fechamento da pista expressa por quase toda a extensão; agora, a interdição está concentrada na área próxima à ponte do Jaguaré.

*Informações do repórter Tiago Muniz