Presidente da Anvisa diz que Brasil não pode ‘virar as costas’ para o agronegócio

  • Por Jovem Pan
  • 30/01/2019 06h41
Divulgação/ANPrPara ele, a Anvisa precisa analisar a segurança dos agrotóxicos, mas acrescentou que é preciso haver bom senso

O Brasil não pode virar as costas ao agronegócio. Esta é a afirmação do presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), William Dib.

Para ele, a Anvisa precisa analisar a segurança dos agrotóxicos, mas acrescentou que é preciso haver bom senso: “temos que olhar os dois lados. Um é a qualidade de saúde da população. Agora, também não podemos virar as costas para mostrar que Brasil está pagando suas contas graças ao agronegócio, à exportação e produção, que provavelmente se a gente tirasse todos os agrotóxicos não teria toda essa produção”.

Dib ressaltou ainda que a Anvisa não é um órgão burocrático e seu papel tem que ser realizado tecnicamente.

Nos últimos anos, a agência tem sido alvo de críticas de sanitaristas devido a uma demora na reavaliação da segurança de alguns agrotóxicos proibidos na Europa e em outros países.

*Informações do repórter Daniel Lian