Presidente do BC reafirma confiança na aprovação da reforma da Previdência

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2019 07h22
Marcelo Camargo/Agência Brasil Campos Neto respondeu que a instituição não tem como estimar prazo, mas se aprovada, os impactos serão positivos para a economia

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reafirmou que reforma da Previdência é muito esperada e avaliou que uma possível mudança no processo de tramitação da proposta poderá gerar volatilidade nos mercados.

Questionado se o BC acredita na aprovação do tema ainda no primeiro semestre, Campos Neto respondeu que a instituição não tem como estimar prazo, mas se aprovada, os impactos serão positivos para a economia.

Sobre o spread bancário, o presidente do Banco Central disse que atuará fortemente pela sua redução e afirmou ainda que quer elevar a competição bancária.

Apesar da taxa básica de juros, a Selic, estar no menor patamar da história, em 6,5% ao ano, as instituições financeiras ainda cobram taxas muito elevadas. Em algumas linhas de crédito, os juros são próximos de 300% ao ano. A redução deste patamar é considerada um dos desafios da nova equipe econômica.

*Informações do repórter Daniel Lian