Presidente do BNDES diz ter ‘absoluta confiança’ na aprovação de reforma da Previdência

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2019 07h04 - Atualizado em 16/04/2019 10h19
Reuters“Eu acho que acertando a Previdência, a tendência vai ser a economia voltar a crescer", completou Joaquim Levy

O presidente do BNDES acredita em retomada econômica após a reforma da Previdência. Joaquim Levy avaliou que há convergência entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o Congresso Nacional para a recuperação do PIB e consequente grau de investimento do Brasil.

“Eu acho que acertando a Previdência, a tendência vai ser a economia voltar a crescer. Quando se começa a crescer 2 a 3% e o setor industrial começa a girar, as receitas tributárias começam a subir”, disse.

Falando para cerca de 400 empresários no Lide, Levy procurou demonstrar otimismo: “um dos elementos para a pessoa decidir tomar o próximo passo é a questão da Previdência. E acho que vocês podem dar esse passo, porque tenho absoluta confiança de que a reforma vai ser aprovada”.

O presidente do BNDES ressaltou a participação privada nas obras de infraestrutura, com a abertura do mercado de gás natural até como combustível em caminhões, num momento de crise no diesel e transportadores. Joaquim Levy chegou a defender um trem de alta velocidade entre São Paulo, Campinas e Guarulhos, interligando aeroportos, projeto antigo dos governos petistas.

*Informações do repórter Marcelo Mattos