Presidente do BNDES nega que banco vá vender sua participação na JBS

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2018 07h49
Wilson Dias/Agência BrasilPaulo Rabello de Castro afirmou que a empresa está subprecificada no mercado devido à sua gestão pouco profissional

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, negou que o banco esteja planejando vender sua participação na JBS e afirmou que a empresa está subprecificada no mercado devido à sua gestão pouco profissional.

Nos últimos dias, surgiram rumores de que o banco poderia vender sua fatia na empresa, algo em torno de 21%. Castro disse que o potencial da empresa é muito maior do que a precificação atual. Ele acrescentou que o BNDES não vem medindo esforços para profissionalizar a gestão da companhia.

No ano passado, a JBS foi alvo de ação da Polícia Federal que investigava uma eventual facilitação em empréstimo concedido à empresa de proteína animal. Desde então, o banco e a cúpula da JBS travam disputa para escolha de nomes para o alto escalão da companhia.

“Nossa participação está muito segura e do jeito que a banda toca, como consideramos que o potencial é muito maior do que a precificação atual, caso ela se prontifique a fazer a profissionalização da sua alta administração, não poderíamos nem cogitar fazer alienação se achamos que falta de adequada profissionalização no topo gera subprecificação”, disse o presidente do BNDES.

Paulo Rabello de Castro promoveu mudanças na diretoria do banco nos ultimos dias.

*Informações do repórter Rodrigo Viga