Presidente do Ibope diz ser improvável que pleito ao Planalto seja definido em primeiro turno

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2018 06h21
Elza Fiuza/Agência BrasilMontenegro acrescentou que a eleição deste ano é a mais difícil e frisou que o eleito em 2018 será aquele que tiver menor rejeição

O presidente do Ibope considerou improvável a definição para presidente no primeiro turno ou o surgimento de terceira via. Carlos Augusto Montenegro disse nesta segunda-feira (01), no Rio de Janeiro, que considera muito improvável que o novo presidente seja definido no primeiro turno ou que surja uma via alternativa a Jair Bolsonaro e Fernando Haddad.

Montenegro acrescentou que a eleição deste ano é a mais difícil e frisou que o eleito em 2018 será aquele que tiver menor rejeição.

Ele avaliou que o PT tem torcido todos os dias para que o oponente no segundo turno seja Bolsonaro, que em projeções perde para o petista.

Carlos Augusto Montenegro disse ainda que os movimentos contra e a favor de Bolsonaro ajudaram a polarizar ainda mais PT e PSL na corrida ao segundo turno. “Fermentou um esse negócio todo do #EleNão. Ficou uma marca da polarização”, disse.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Rodrigo Viga