Presidente eleito da Câmara de SP, Eduardo Tuma critica Fernando Haddad

  • Por Jovem Pan
  • 19/12/2018 07h11
Jovem PanEduardo Tuma pretende desburocratizar a Câmara levando tecnologia para tentar reduzir gastos

A reforma da Previdência é crucial para todo país. Este é o entendimento do presidente eleito da Câmara Municipal de São Paulo. Para Eduardo Tuma, que participou do programa Pânico na Jovem Pan nesta terça-feira (18), se não for aprovada urgentemente, haverá o risco de insolvência.

Do PSDB, Eduardo Tuma criticou o petista Fernando Haddad. Segundo ele, o projeto do ex-prefeito sobre uso e ocupação de solo e de anistia não condiz com a realidade e terá que ser revisado.

Eduardo Tuma pretende desburocratizar a Câmara levando tecnologia para tentar reduzir gastos.

*Informações do repórter Daniel Lian