Presidente turco diz que recebeu ‘facada’ dos Estados Unidos

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2018 08h27
Divulgação/Presidência da TurquiaErdogan acusou os EUA de quererem esfaquear a Turquia pelas costas e perguntou, que “se os dois países são aliados na Otan, porque Trump quer apunhalá-lo?”

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse, nesta segunda-feira (13), que se sente traído pelo presidente americano Donald Trump. Em um encontro com embaixadores turcos em Ancara, Erdogan acusou os EUA de quererem esfaquear a Turquia pelas costas e perguntou, que “se os dois países são aliados na Otan, porque Trump quer apunhalá-lo?”.

Ancara e Washington atravessam uma crise diplomática. Além da desvalorização considerável da moeda turca, na última sexta-feira os EUA duplicaram as tarifas sobre o aço e alumínio turcos, provocando uma nova queda da lira em relação ao dólar.

A desvalorização da moeda da Turquia tem provocado turbulência nos mercados principalmente nos países emergentes como o Brasil, sobretudo nas economias dependentes de capitais estrangeiros.

É o que garantiu José Marques, CEO da plataforma de tecnologia Câmbio Store, que une os clientes as principais casas de câmbio do País.

Nesta segunda-feira, o dólar chegou a bater R$ 3,91. A lira turca bateu nesta segunda-feira a mínima de 7,24 contra o dólar e já acumula queda de mais de 40% neste ano.

Para Erdogan os fundamentos da economia turca são sólidos. Ele espera que os ataques à economia continuem mas prevê que a cotação da moeda local retorne a níveis racionais.

Além disso, o pastor americano Andrew Brunson está preso na Turquia acusado de espionagem e terrorismo. Exigindo sua libertação, os Estados Unidos impuseram, no início de agosto, sanções contra dois ministros turcos.

*Informações do repórter Victor Moraes