Presídios verticais vão receber até 25 mil detentos, diz gestão Witzel 

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2020 07h25
ReproduçãoSegundo estimativas da Secretaria de Administração Penitenciária, o Rio de Janeiro tem 52 mil detentos presos em 51 unidades prisionais

O primeiro projeto de um presídio vertical no Rio de Janeiro começou a sair do papel e entrou na fase de desenvolvimento, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária.

Essa foi uma das várias promessas de campanha do governador Wilson Witzel —  com o objetivo de aumentar a oferta de celas no Estado a um custo menor.

O planejamento inicial prevê a construção de cinco conjuntos verticais — sendo um na cidade de Volta Redonda, três no Complexo de Bangu e um ainda sem local definido. Cada penitenciária vertical terá 11 andares e capacidade entre 3,5 mil e 5 mil internos.

A Secretaria de Administração Penitenciária estima que cada presídio custará R$ 82 milhões. Hoje um presídio horizontal custa R$ 40 milhões, porém comporta menos detentos — cerca de 600.

Ainda não há prazo a para o início das obras e muito menos para a conclusão delas. Segundo estimativas da Secretaria de Administração Penitenciária, o Estado do Rio de Janeiro tem, atualmente, 52 mil detentos presos em 51 unidades prisionais.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga