PRF terá carro de luxo apreendido em operação contra a corrupção à disposição

  • Por Jovem Pan
  • 04/11/2019 07h53
Divulgação/PRFDodge Challenger RT será utilizado prioritariamente na região de Foz do Iguaçu

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Paraná tem à disposição, a partir desta segunda-feira (4), um Dodge Challenger RT, carro esportivo de luxo apreendido em abril de 2017 durante uma ação de combate ao tráfico de drogas. O veículo foi cedido temporariamente à corporação.

Como ainda não existe trânsito em julgado na sentença que decretou a perda do bem, o carro será utilizado prioritariamente na região de Foz do Iguaçu, onde o Brasil faz fronteira com Argentina e Paraguai.

O chefe do Núcleo de Comunicação da PRF no Paraná, Fernando Oliveira, explica de que maneira o esportivo de luxo será usado. “É um ganho de margem imensurável para a PRF. Em um primeiro momento ele vai ter seu uso mais destino às questões das escoltas, questões educativas, palestras e, em um segundo momento, com a destinação definitiva, com certeza será utilizado em operações mais ostensivas”, disse.

A Quinta Delegacia da Polícia Rodoviária de Foz do Iguaçu ficará responsável por eventuais manutenções do veículo. Em rede social, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) destacou a utilização da lei 13.886 de 2019, que agiliza a venda e a utilização dos bens apreendidos do tráfico de drogas.

O Dodge, que foi fabricado em 2010 e ficou mais de dois anos parado devido a apreensão, já deve ser usado na próxima quinta-feira (7), durante reunião de ministros do Interior, da Justiça e da Segurança dos países que integram o Mercosul.

De acordo com a PRF, o veículo tem valor estimado em cerca de R$ 250 mil.

*Com informações do repórter Matheus Meirelles