Processos de canonização de três brasileiros avançam no Vaticano

  • Por Jovem Pan
  • 09/04/2019 08h08
EFE/VATICAN MEDIAO papa Francisco reconheceu como venerável o Frei Damião

O papa Francisco reconheceu como venerável o Frei Damião, que atuou em missões no Nordeste do Brasil no século 20. A decisão, tomada no último fim de semana, deixa o ítalo-brasileiro mais próximo de se tornar santo.

O servo de Deus que morreu em 1997, aos 98 anos, já é considerado informalmente pelos nordestinos como santo.

As festividades em homenagem a ele, que ocorrem no Recife na última semana de maio, reúnem todos os anos milhares de fiéis e romeiros.

O Vaticano também decidiu beatificar o padre Donizetti Tavares de Lima após reconhecer um milagre atribuído ao brasileiro nascido na cidade de Cássia, Minas Gerais, no ano de 1882. Ele atuou principalmente na cidade de Tambaú, no interior de São Paulo, onde deixou diversas obras sociais, como o asilo São Vicente de Paulo e a Associação de Proteção à Maternidade e Infância.

Uma outra decisão que saiu durante encontro entre o papa e o prefeito da Congregação da Causa de Todos os Santos foi reconhecer as virtudes heroicas do menino Nelson Santana. Nelsinho, como era conhecido, nasceu na cidade de Ibitinga, no interior de São Paulo, e morreu aos 9 anos, na véspera do Natal.

Com o passar do tempo, o lugar onde o menino foi enterrado tornou-se alvo de muitas visitas por graças alcançadas atribuídas a ele.

*Informações do repórter Afonso Marangoni