Procon quer explicações da Gol sobre promoção de passagens aéreas para a América do Sul

  • Por Jovem Pan
  • 20/06/2019 09h26
Reprodução FacebookA promoção foi feita na noite de terça-feira, durante o jogo entre Brasil e Venezuela pela Copa América

O Procon de São Paulo pediu esclarecimentos à Gol Linhas Aéreas sobre a venda de passagens internacionais no valor de R$ 3,90.

A promoção foi feita na noite de terça-feira (18), durante o jogo entre Brasil e Venezuela pela Copa América. O site da empresa saiu do ar logo após a companhia aérea ter anunciado a oferta.

Em parceria com a Brahma, os interessados poderiam comprar passagens para Argentina, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai por R$ 3,90, sem as taxas de embarque.

Inicialmente, a Gol informou que seriam comercializados apenas cem bilhetes pelo preço promocional, mas o site saiu do ar.

O Procon quer que a empresa explique quantas passagens aéreas foram comercializadas, quais os destinos e em quanto tempo os tickets foram vendidos. O órgão também solicitou a relação de consumidores que conseguiram adquirir as passagens.

O advogado e consultor da Jovem Pan, Arthur Rollo, ressalta que já que havia um horário marcado para a venda das passagens, a empresa deveria ter tomado providências e ter adotado uma estrutura necessária para atender a demanda.

A Gol tem 24 horas para responder a notificação do Procon. Por nota, a companhia aérea informou que teve um alcance recorde e as passagens foram vendidas em poucos minutos. E que a queda do site foi causada pelos inúmeros acessos simultâneos.

*Com informações da repórter Natacha Mazzaro