Procurador Carlos Fernando dos Santos Lima pede afastamento da força-tarefa da Lava Jato

  • Por Jovem Pan
  • 20/09/2018 08h28 - Atualizado em 20/09/2018 11h37
Reprodução/PFO procurador, de 54 anos, deve se aposentar no ano que vem e, por isso, decidiu sair do grupo para se manter afastado de informações sensíveis

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima pediu afastamento da força-tarefa da Lava Jato. O último dia oficial de trabalho na operação foi na sexta-feira passada (14), de acordo com o Ministério Público Federal.

O procurador, de 54 anos, deve se aposentar no ano que vem e, por isso, decidiu sair do grupo para se manter afastado de informações sensíveis sobre a operação.

Carlos Fernando dos Santos Lima retorna à Procuradoria Regional da República em São Paulo e atuará no âmbito do Tribunal Regional Federal até a aposentadoria.

Ele foi um dos principais procuradores e mais ativos nas redes sociais da força-tarefa da Lava Jato, formada em abril de 2014. Participou também nas investigações do caso Banestado e foi um dos responsáveis por firmar o acordo de delação premiada do doleiro Alberto Youssef, segundo grande colaborador da Lava Jato.

De acordo com o MPF, em Curitiba, o grupo deve continuar com 13 procuradores, no entanto, o substituto ainda não foi confirmado.

*Informações da repórter Natacha Mazzaro