Procurador que esfaqueou juíza no TRF-3 é encontrado morto em clínica psiquiátrica

  • Por Jovem Pan
  • 04/02/2020 07h09
ReproduçãoMatheus Carneiro Assunção, que esfaqueou a juíza Louise Figueiras em 2019

O procurador da Fazenda Matheus Carneiro Assunção, que esfaqueou a juíza Louise Figueiras em outubro do ano passado dentro da sede do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, na Avenida Paulista, foi encontrado morto nesta segunda-feira em uma clínica psiquiátrica na Zona Sul de São Paulo.

Carneiro foi encontrado por volta das 8h, quando uma auxiliar de enfermagem, responsável pela alimentação matinal dos pacientes, não conseguiu fazer contato com ele. Ela chamou o procurador por várias vezes, mas ficou sem resposta.

Ao tentar entrar quarto, ela não conseguiu abrir a porta e pediu ajuda a outros profissionais da clínica até conseguirem entrar. A porta estava travada por uma poltrona.

Segundo a polícia, o quarto foi isolado para o trabalho dos peritos. O delegado que esteve na clínica registrou o caso no 11º Distrito Policial como morte suspeita. Ainda não há confirmação da causa da morte do procurador, mas a hipótese mais provável é a de suicídio.

* Com informações do repórter Victor Moraes.