Produção de veículos cresce 11% em setembro, mas projeção anual cai

  • Por Jovem Pan
  • 08/10/2019 08h53
Gabriel Jabur/ Agência BrasilApesar da produção crescer 11% em setembro com 247 mil veículos, a alta de 9% aguardada para o ano recuou para 2%

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) reduziu para baixo as projeções de crescimento diante da queda nas importações. Apesar da produção crescer 11% em setembro com 247 mil carros, comerciais leves, caminhões e ônibus, a alta de 9% aguardada para o ano recuou para 2%.

O presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, explica o cenário. “Na exportação que temos a notícia negativa, mas que não é nova porque já vem ocorrendo desde o início do ano. O forte impacto de vendas no mercado argentino está provocando uma reavaliação no volume de exportados para esse ano. Trabalhamos com uma queda de mais de 30%.”

Porém, ele ressalta que os resultados internos são positivos. “O mercado interno continua em crescimento. Estamos trabalhando com o crescimento de emplacamento no mercado interno de 9% para esse ano, sobre 2018. Caminhões tem um destaque com crescimento muito forte, trabalhamos acima de 100 mil unidade – fazia tempo que não víamos essa grandeza.”

Com a revisão, o Brasil deve fechar o ano com mais de 2,9 milhões de veículos produzidos.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos