Promissora no tratamento do câncer, imunoterapia amplia qualidade de vida de pacientes

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2019 08h11
ESTADÃO CONTEÚDOA imunoterapia pode ser usada sozinha ou combinada com outros tratamentos

A imunoterapia é o tratamento que tem maior potencial de cura dentre as modalidades que existem atualmente contra o câncer. Essa é a avaliação do médico oncologista Antonio Buzaid, que participou de um seminário sobre o assunto realizado pelo Instituto Vencer o Câncer.

A finalidade imunoterapia é fazer com que o sistema imune do paciente reconheça o tumor e o elimine por conta própria.

O médico ressalta que esse tipo de tratamento já é usado em diversos tipos de cânceres. “A imunoterapia tem grande papel em vários cânceres. Em alguns deles, o ganho é muito grande, como no melanoma, câncer de pulmão, câncer de rim, de pele. Esses tumores tem um ganho muito grande com a imunoterapia”, explica.

A paciente Clio Moura utiliza a imunoterapia para tratamento de um câncer de pele melanoma há quatro anos. Segundo ela, o tratamento garante qualidade de vida ao paciente, ao contrários dos demais. “Possibilita uma qualidade de vida muito boa para as pessoas, porque não dá mau estar, é seguro, não dá fadiga nem náusea, como a quimioterapia. Então esse período todo que estou tratando, estou me sentindo muito bem”, afirma.

A imunoterapia pode ser usada sozinha ou então combinada com outros tratamentos, como com a quimioterapia tradicional e a radioterapia.

*Com informações da repórter Nicole Fusco