Próximos governadores de RR e AP terão como desafio a imigração e mortalidade infantil

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2018 06h44
Marcelo Camargo/Agência Brasilevido a crise econômica e social na Venezuela, Roraima tem sido a porta de entrada destes imigrantes em território brasileiro

Cinco candidatos disputam o governo de Roraima em 2018. A atual governadora é Suely Campos, do Progressistas. Ela concorre ao Palácio Senador Hélio Campos, com Anchieta, do PSDB; Antônio Denarium, do PSL; Fábio Almeida, do PSOL; e Telmário Mota, do PTB.

Segundo pesquisa IBOPE do dia 17 de agosto, Anchieta, do PSDB é o líder, com 36% das intenções de voto. Em seguida está Antônio Denarium, do PSL, com 20%; Suely Campos, do PP, com 14% e Telmário Mota, do PDT, com 7%.

A imigração é o principal desafio para o próximo governador de Roraima. Devido a crise econômica e social na Venezuela, o Estado tem sido a porta de entrada destes imigrantes em território brasileiro.

Já no Amapá, são cinco candidatos que disputam o governo estadual. Além do atual governador Waldez Góes, do PDT, que tenta a reeleição, também disputam o Palácio do Setentrião, João Capiberibe, do PSB; Cirilo Fernandes, do PSL; Davi Alcolumbre, do Democratas; e Gianfranco Gusmão, do PSTU.

Pesquisa IBOPE divulgada no dia 17 de agosto mostra que João Capiberibe, do PSB, lidera a disputa com 33%; em seguida está Waldez Góes, do PDT, com 26%; e Davi Alcolumbre, com 20%.

Um dos principais desafios do próximo governante é a questão da mortalidade infantil, que é uma das maiores do Brasil.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Afonso Marangoni