PSDB continua rachado para a definição de candidato do partido ao governo de SP

  • Por Jovem Pan
  • 12/03/2018 07h06
Werther Santana/Estadão Conteúdo Pré-candidatos do PSDB ao governo de São Paulo participaram de um encontro neste fim de semana para debater propostas eleitorais

Pré-candidatos do PSDB ao governo de São Paulo participaram de um encontro neste fim de semana para debater propostas eleitorais.

O prefeito João Doria, que ainda não registrou o nome para concorrer à vaga, não participou. No evento, estavam o cientista político Luiz Felipe D’Avila; o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, e o ex-senador José Aníbal. Os três usaram as redes sociais para transmitir o debate.

O postulante, Luiz Felipe D’Avila, focou na questão da descentralização de poder de todos os governos, a desburocratização do Estado e a valorização do servidor público. Ele salientou a importância desses encontros com a militância: “quem vai escolher o próximo candidato do partido são os militantes”.

Já o presidente do Instituto Teotônio Vilela, José Aníbal, criticou a ausência do prefeito de São Paulo. Segundo o ex-senador, João Doria quer criar um ambiente de conforto para tentar ser o candidato do PSDB: “achamos que ele ainda tem tempo de ou continuar na Prefeitura e saudar compromissos que não cumpriu até agora ou para sair da Prefeitura em bom debate com a militância e com outros pré-candidatos”.

Na visão de José Aníbal, seria melhor que o partido adiasse as prévias marcadas para os dias 18 e 24 de março, para que os pré-candidatos tivessem mais tempo para expor as ideias e realizar mais debates com os militantes. O ex-senador tem a educação como um dos pontos fortes de proposta eleitoral.

Já o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, apontou o combate às drogas como tema importante na plataforma de governo.

A intenção dos três pré-candidatos é realizar uma série de debates até o dia 18. Um outro encontro, ainda no sábado, na região do Butantã, foi cancelado. Segundo os postulantes, a medida foi uma manobra de aliados de João Doria que não queriam que o evento ocorresse. O prazo definido pelo PSDB para a inscrição de nomes para a pré-candidatura é terça-feira (13).

Até lá, a expectativa é de que o nome do prefeito seja registrado. Nesta segunda-feira (12), às 19h, em São Miguel Paulista, acontece mais um debate entre os pretendentes ao governo do estado de São Paulo.

*Informações da repórter Natacha Mazzaro