Quadrilha faz reféns e assalta agência da Caixa em Santos; PF investigará o caso

  • Por Jovem Pan
  • 18/12/2017 05h55
Reprodução/Google MapsO caso foi comunicado ao delegado plantonista no Primeiro Distrito Policial de Santos, mas será registrado e investigado pela Polícia Federal

Quadrilha faz reféns e assalta agência da Caixa Econômica Federal em Santos, no Litoral de São Paulo. A ação ousada dos bandidos começou por volta das onze horas da manhã deste domingo (17) e durou cerca de sete horas.

Inicialmente, um dos criminosos surgiu na agência, localizada na Rua General Câmara, número 15, no Centro do município, trajando farda da PM. Com uma prancheta e uma caneta nas mãos, o falso policial entrou e perguntou para a vigilante que estava de plantão se havia algum problema no banco.

A intenção era distrair a vigia para a invasão de outros três membros do bando, que chegaram armados com pistolas e começaram a bater no vidro. A mulher e uma auxiliar de limpeza foram dominadas e amarradas com fios de telefone e mouse e mantidas reféns em uma sala, no andar superior.

A partir deste momento, outros criminosos surgiram e invadiram o banco, alguns usando máscaras com aparência de pele humana e toucas ninjas. A quadrilha, composta por ao menos 15 assaltantes, permaneceu no banco até por volta das seis horas da tarde, período em que o cofre da agência foi violado com o uso de um maçarico.

Na fuga, eles levaram nove armas e cerca de 90 munições de revólver calibre 38, além de CPUs de computadores onde estariam armazenadas as imagens das câmeras de segurança.

Quando percebeu que os criminosos já haviam partido, a vigilante conseguiu se libertar e acionou a PM.

Os militares ainda fizeram uma busca no prédio, mas todos os ladrões já tinham fugido. Ainda não se sabe se algum valor foi levado da agência.

O caso foi comunicado ao delegado plantonista no Primeiro Distrito Policial de Santos, mas será registrado e investigado pela Polícia Federal.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore