Quase 60% das candidaturas do primeiro turno deixam para prestar contas ao TSE na última hora

  • Por Jovem Pan
  • 07/11/2018 07h15
Fabio Rodrigues Pozzebom/Arquivo Agência BrasilO horário-limite era 19h, hora de Brasília, e a informação do TSE era das 18h10. As informações definitivas vão ser divulgadas nesta quarta-feira (07) pela Justiça Eleitoral

Faltando 50 minutos para o fim do prazo para candidatos e partidos enviarem as prestações de contas do primeiro turno, apenas 40,4% deles tinham cumprido a tarefa. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral.

O horário-limite era 19h, hora de Brasília, e a informação do TSE era das 18h10. As informações definitivas vão ser divulgadas nesta quarta-feira (07) pela Justiça Eleitoral.

Candidatos à Presidência da República que concorreram somente até o primeiro turno devem prestar contas para o TSE. Já as candidaturas a outros cargos enviam a documentação aos Tribunais Regionais Eleitorais.

As prestações entregues à Justiça Eleitoral vão ser publicadas na íntegra para consulta pública no portal TSE. Com a medida, candidatos, partidos, imprensa, órgãos de fiscalização e qualquer cidadão terão acesso aos documentos.

Quem não tiver cumprido com a prestação vai ser notificado pelo Tribunal em até cinco dias. A partir daí, vai ter 72 horas para apresentar os documentos. Se mesmo assim continuarem pendentes, as contas são julgadas como não prestadas.

Candidatos eleitos que não enviarem a prestação não poderão ser diplomadas. Também venceu nesta terça (06) o prazo para que candidatos e partidos removam todas as propagandas eleitorais relativas ao primeiro turno e restaurem os locais utilizados para a publicidade.

*Informações do repórter Levy Guimarães