Receita começa a aceitar declarações de imposto de renda nesta segunda-feira

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2020 06h32 - Atualizado em 02/03/2020 09h40
Marcelo Casall Jr / Agência BrasilÉ obrigado a enviar a declaração quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019

A Receita Federal começa a receber nesta segunda-feira (2) as declarações do Imposto de Renda. O programa que gera os relatórios já estava disponível e, agora, será possível enviar as informações.

Entre as novidades deste ano está o fim da dedução de gastos dos patrões com a previdência de empregados domésticos e a mudança no calendário de restituições. Antes, os pagamentos eram feitos em sete lotes; agora, serão cinco — sendo que os depósitos começam em maio.

Além disso, agora também poderão ser deduzidas as doações a fundos de idosos, com limite de até 3% do valor devido. Até o ano passado, isso só era possível nas contribuições para entidades de apoio a crianças e adolescentes.

Segundo o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adyr, essa opção está mais fácil de ser encontrada no programa que gera as declarações. “A doação, tanto da criança e do adolescente quanto a do idoso, era muito escondida na declaração. Hoje deixamos mais transparente, à esquerda.”

De acordo com o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adyr, a Receita espera receber 32 milhões de declarações.

O prazo vai até 30 de abril, mas a recomendação da contadora Marcia Alcazar, sócia-diretora da Seteco Consultoria Contábil, é para que o contribuinte envie o quanto antes. “Principalmente se você tiver IR restituído, entregando no primeiro dia você garante o processamento da sua declaração já no primeiro lote da Receita Federal.”

É obrigado a enviar a declaração quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019.

O contribuinte que deixar de entregar ou perder o prazo paga multa, que varia de R$ 165,74 a até 20% do imposto devido.

*Com informações do repórter Vitor Brown