Receita Federal bate recorde de apreensões de contrabando no primeiro semestre de 2017

  • Por Jovem Pan
  • 25/10/2017 06h56 - Atualizado em 25/10/2017 11h30
Tânia Rêgo/Agência BrasilMais de R$ 1,5 bilhão em mercadorias não declaradas foram recuperados nas autuações, só de janeiro a setembro desse ano

A Receita Federal informou que bateu recorde no número de apreensões de produtos de contrabando e de descaminho no primeiro semestre desse ano.

A explicação para eles é da intensificação nas operações nos portos e aeroportos, e nas estradas.

Mais de R$ 1,5 bilhão em mercadorias não declaradas foram recuperados nas autuações, só de janeiro a setembro desse ano.

Os produtos com mais incidência nas apreensões são os cigarros falsificados, seguidos por armas de fogo e produtos falsificados que ferem direitos autorais, como CDs e DVDs.

As mercadorias que são apreendidas e não podem ser leiloadas, incorporadas à Receita ou doadas são destruídas.

No ano passado, sete toneladas de produtos foram destruídas.

*Informações do repórter Caio Rocha