Redução do ICMS da aviação em SP vai criar 490 novos voos semanais, dizem aéreas

  • Por Jovem Pan
  • 27/06/2019 08h07
ReproduçãoPelas projeções, o novo cenário vai proporcionar ao Estado a geração de 59 mil empregos e o pagamento de R$ 1,4 bilhão em salários

A redução do ICMS da aviação em São Paulo vai fortalecer a atividade econômica. A estimativa é da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que comemorou a diminuição da alíquota de 25% para 12% do imposto que incide sobre o combustível dos aviões.

A medida já foi aprovada pela Assembleia Legislativa de São Paulo.

Os membros da entidade assumiram o compromisso de criar 490 novas partidas semanais, sendo 416 nacionais, para 21 estados e 74 regionais, incluindo seis novas localidades dentro do estado.

O objetivo é aumentar o consumo nas cidades e incrementar receitas com o turismo. Segundo uma projeção o novo cenário poderá proporcionar ao estado a geração de 59 mil empregos e o pagamento de R$ 1,4 bilhão em salários.

Em nota, a Abear afirma que a ação colaborará para a recuperação da atividade econômica e o fortalecimento da aviação comercial brasileira e do Turismo, ao promover uma maior conectividade aérea nacional.

*Com informações do repórter Daniel Lian