Região metropolitana de Goiânia registra mais uma morte por H1N1

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2018 07h07
Osnei RestioSamuel Mendes Pires, de 39 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (20) em Goiânia com diagnóstico confirmado de H1N1

Samuel Mendes Pires, de 39 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (20) em Goiânia com diagnóstico confirmado de H1N1.

Samuel era interno da Vila São Cotolengo, em Trinidade, e estava no Hospital de Urgências de Goiânia, onde havia sido transferido para tratamento intensivo. Ele faleceu por complicações causadas pelo vírus.

A Vila São Cotolengo, em Trindade, na região metropolitana de Goiânia, abriga mais de 300 pessoas com comprometimento da saúde mental e motora. Samuel foi o segundo interno a falecer diagnosticado com o vírus H1N1.

Rosa Maria dos Santos faleceu no último dia 11 de março. Outros três pacientes com quadro de H1N1 estão em área isolada, além de três outros internos que recebem tratamento em hospitais da capital. Mas só um deles também tem quadro de Influenza A.

*Informações do repórter Lutti Fernandes